Trabalho, saúde e ação sindical na atividade petrolífera offshore da Bacia de Campos

Marcelo Gonçalves Figueiredo

Resumo


Este artigo descreve de modo sucinto alguns dos principais fatores associadosàs condições de vida e trabalho e os riscos à saúde e segurança dostrabalhadores a bordo das plataformas petrolíferas offshore na Bacia de Campos.São enfocados, também, os aspectos relacionados à dimensão subjetivado trabalho, com destaque para a questão do confinamento. O referencialteórico-metodológico constitui-se dos materiais oriundos, principalmente, daErgonomia da Atividade e da Psicodinâmica do Trabalho em uma perspectivaergológica. Entende-se que uma alteração substantiva do contexto vigente,em que inúmeros acidentes graves e fatais continuam a ocorrer, demanda ainstauração de um amplo debate entre os representantes das grandes empresasque atuam no setor, os sindicatos de trabalhadores e o poder público. Dianteda adversidade do quadro conjuntural, o desafio maior é desenvolver meiose estratégias para que este debate se traduza em avanços concretos.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574