Furtado e Kalecki: o subdesenvolvimento e a luta de classes.

José Mario dos Santos

Resumo


A partir da tecnologia inadequada utilizada pelos países subdesenvolvidos em seus processos de industrialização, podemos apontar para uma convergência entre os escritos de Kalecki e o pensamento de Furtado sobre um “desemprego estrutural” nesses países. Também ao analisar as ideias do autor brasileiro que destaca que a elite “culturalmente colonizada” dificulta a adoção de um projeto nacional de desenvolvimento ao adotar padrões de consumo dos países centrais, imaginamos que dá para fazer uma conexão com a análise de Kalecki pelo fato deste autor atribuir um papel importante à tributação dos bens de luxo para utilizar os recursos como investimento nas indústrias que produzem bens para a massa da população. No entanto, os dois autores reconhecem a inviabilidade política de tal empreitada.


Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574