Quando as plataformas digitais chegam ao campo: as tendências do ruralismo digital e a uberização da agricultura

Sérgio Amadeu

Resumo


O que há de similar entre empresas de tecnologia relativamente novas como Microsoft, Amazon, Facebook e as antigas Basf, Syngenta e Bayer? Além do fato de serem transnacionais, todas elas buscam se tornar plataformas digitais. Só isso? Não. Todas são importantes fornecedoras de produtos e serviços para a chamada agricultura digital.  O neoliberalismo parece avançar na conversão de toda a agricultura em agrobusiness. Embalada por alusões à indústria 4.0 e pelo discurso de consultores de agências internacionais, como Banco Mundial e Fórum Econômico Mundial, a palavra de ordem da transformação digital no campo, vai se convertendo em plataformização.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574