A organização internacional dos trabalhadores metalúrgicos na Mercedes-Benz do Brasil: perspectivas de contra-hegemonia local-global

Eduardo Magalhães Rodrigues

Resumo


O presente artigo analisa a experiência de organização sindical internacional a partir dos trabalhadores na Mercedes-Benz do Brasil na cidade de São Bernardo do Campo. Digo “a partir”, pois a própria natureza do processo levou à conexão global com os trabalhadores localizados em unidades de outros países da mesma transnacional. Uma questão diz respeito se as práticas adotadas, mesmo que ainda incipientes, significam uma futura alternativa ao modelo hegemônico. Outra trata se a perspectiva internacional sindical em curso pode contribuir para a manutenção ou novas conquistas para os trabalhadores. Evidenciou-se a indicação de respostas positivas às dúvidas acima, sugerindo que se trata-se de uma estratégia indispensável ao trabalhador.

Texto completo:

Port Eng (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574