Trabalhadores/as em plataformas de trabalho no brasil – contribuições ao desafio do dimensionamento e dinâmicas do tempo trabalhado e das remunerações

Lucia dos Santos Garcia, Cassio da Silva Calvete

Resumo


O artigo apresenta a estimativa dos Potencialmente Ocupados/as em
Plataformas de Trabalho e informações sobre as dinâmicas do nível ocupacional,
das horas trabalhadas e das remunerações entre 2012 e 2019. Para isto, foi
utilizado um método que considera as atividades econômicas em que atuam
as plataformas, em conjunto com um tipo específico de auto-ocupação, aqui
denominado Conta Própria Sem Estabelecimento e Sem Documento. A comparação
dos movimentos ocupacionais observados para Potencialmente Ocupados/
as em Plataformas de Trabalho, Empregados/as com Carteira Assinada
e Demais tipos de Conta Própria nos segmentos de serviços crescentemente
explorados pelas empresas-plataforma foi realizada com o objetivo de identificar
a consistência do indicador de ocupação em plataformas proposto, tendo
em vista seu comportamento singular no período.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574