A economia política da plataformização: geração de valor nas empresas-plataforma no capitalismo sob dominância financeira

Bárbara Vallejos Vazquez, Euzébio Jorge Silveira de Souza, Magda Barros Biavaschi, Márcio Pochmann

Resumo


Nos últimos anos, tem se constituído grande campo para o estudo das
Plataformas de Trabalho no Brasil, com destaque para seus impactos sobre
as relações de trabalho e para as alterações no mundo do trabalho em geral.
Trata-se efetivamente da ponta visível da nova configuração do capitalismo.
Porém, ainda é escassa a bibliografia que trata o sentido geral do processo de
acumulação capitalista via plataformas, como sublinhado por Doorn e Badger5.
Em consonância com o apontado pelos autores, pretende-se realizar análise
localizada no campo da Economia Política, que vise à explicação de processos
de geração de valor, com destaque para a centralidade dos dados, enquanto
novos ativos, e da premência do capital financeiro, que dão suporte à existência
de empresas-plataforma, muitas vezes improfícuas, bem como disciplina
sua atuação concreta e as formas de subsunção do trabalho.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574