Impactos ambientais, econômicos e sociais da redução das jornadas de trabalho

Paulo Sérgio Muçouçah

Resumo


Algumas publicações recentes tem procurado demonstrar  que a  redução de jornadas de trabalho pode contribuir significativamente para a redução  das emissões de gases de efeito estufa.  Este artigo analisa a possibilidade do movimento sindical  vir a retomar essa antiga bandeira na atual conjuntura, tendo em vista também  as suas possíveis consequências econômicas e sociais. Para tanto, ele discute, entre outras coisas, de que maneira essa proposta incide sobre a grande polêmica hoje estabelecida em torno de dois caminhos de  enfrentamento da crise climática: o crescimento verde e o decrescimento.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574