“O pulso ainda pulsa”: sobre a vitalidade histórica da greve e sua reinvenção ecológica

Gustavo Seferian

Resumo


Neste breve artigo, pretendemos tratar da historicidade da greve e sua vitalidade histórica a partir da questão ecológica. Pretendemos assim discutir a historicidade da greve, algumas de suas reinvenções contemporâneas e o modo que, em contexto de crise civilizacional, marcado pelo colapso ecológico, a Greve Mundial pelo Clima se coloca como movimento capaz de enlaçar interesses do conjunto das pessoas oprimidas no capitalismo.


Palavras-chave


Greve; Greve mundial pelo clima; crise civilizacional; historicidade; ecossocialismo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUZZA, Cinzia. BHATTACHARYA, Tithi. FRASER, Nancy. Feminismo para os 99%: um manifesto. Trad. Heci Regina Candiani, São Paulo: Boitempo, 2019

BARROS, Alice Monteiro de. Curso de Direito do Trabalho. 11a ed. At. Jessé Claudio Franco de Alencar. São Paulo: Ltr, 2017

BHATTACARYA, Tithi. O que é a teoria da reprodução social?” Trad. Maíra Mee Silva e Mariana Luppi. In: Outubro, n. 32, 1o sem/2019, p. 99-113

BENSAÏD, Daniel. Os irredutíveis: teoremas da resistência para o tempo presente. Trad. Wanda Caldeira Brant. São Paulo: Boitempo, 2008,

BOITO JR., Armando. Pré-capitalismo, capitalismo e resistência dos trabalhadores: nota para uma teoria da ação sindical". In: Crítica Marxista, n.12, Campinas, 2001,, p. 77-104

BRASIL DE FATO. "Greve Global pelo Clima mobiliza milhões de pessoas em 150 países". Disponível em: https://www.brasildefato.com.br/2019/09/20/greve-global-pelo-clima-mobiliza-milhoes-de-pessoas-em-150-paises/, acessado em 26.07.2020.

BRUSSELS TIMES. “Greta Thunberg trademarks “Skolstreik för Klimatet”. Disponível em: https://www.brusselstimes.com/news/world-all-news/92705/greta-thunberg-trademarks-skolstrejk-for-klimatet/ , acessado em 01.08.2020.

EDELMAN, Bernard. A legalização da classe operária. Trad. Marcus Orione et alii. São Paulo: Boitempo, 2016.

G1. Greve global pelo clima leva milhares de manifestantes às ruas contra mudanças climáticas. Disponível em: https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/09/20/manifestantes-protestam-em-greve-global-pelo-clima-nesta-sexta.ghtml, acessado em 26.07.2020.

GLOBAL CLIMATE STRIKE. "May Day: a just recovery for workers." Disponível em: https://globalclimatestrike.net/may-day-a-just-recovery-for-workers/, acessado em 26.07.2020.

LÖWY, Michael. “Crise ecológica, crise capitalista, crise de civilização: a alternativa ecossocialista.” Caderno CRH, Salvador, v. 26, 67, p. 79-86, Jan./Abr.2013.

___. Walter Benjamin: aviso de incêndio. Uma leitura das teses "Sobre o conceito de história". Trad. Wanda Nogueira Caldeira Brant. São Paulo: Boitempo, 2005.

MELO, Raimundo Simão de. A greve no direito brasileiro. 4a ed. São Paulo: LTr, 2017,

MOURA, Clóvis. Rebeliões da senzala. 3a ed. São Paulo: LECH, 1981.

NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Curso de Direito do Trabalho. 24a ed. São Paulo: Saraiva,2 008.

PEREIRA, Flávia Souza Máximo. Para além da greve: o diálogo ítla-brasileiro para a construção de um direito ao pluralismo político da classe-que-vive-do-trabalho. Tese(doutorado) defendida junto à Universidade Federal de Minas Gerais, em modalidade co-tutela com a Università deli Studi di Roma, Belo Horizonte, 2017

REIS, João José. Ganhadores: a greve negra de 1857 na Bahia. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

SEFERIAN, Gustavo. "Sobre o uso da miséria historiográfica e a relevância da investigação histórica na aplicação do Direito do Trabalho". In: Revista da Faculdade de Direito da UFG, v. 43, 2019, p.1-25.

SIQUEIRA, Gustavo S. "O STF no Egito: Greve e História do Direito no Recurso Extraordináro n. 693.456/RJ". In: Rev. Direito e Práxis, Rio de Janeiro, V. 10, n. 2, 2019, p. 1016-1045.

UOL,. Greve não para apps, mas mostra força de entregadores; nova data é votada. Disponível em: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/07/01/greve-nao-para-apps-mas-afeta-sistema-e-mostra-forca-de-entregadores.htm, acessado em 10.08.2020.UOL,. Greve não para apps, mas mostra força de entregadores; nova data é votada. Disponível em: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/07/01/greve-nao-para-apps-mas-afeta-sistema-e-mostra-forca-de-entregadores.htm, acessado em 10.08.2020.

VIANA, Márcio Túlio. Da greve ao boicote: os vários significados e as novas possibilidades das lutas operárias. Rev. TRT 3a Região, Belo Horizonte, v. 49, n. 79, p. 101-121


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574