Salário mínimo e mercado de trabalho: uma análise a partir do período recente

Adriana Marcolino, Lendro Horie

Resumo


A despeito de todos os seus efeitos positivos na economia, a política de valorização do salário mínimo (SM), negociação realizada entre as Centrais Sindicais e o Governo federal entre os anos de 2004 e 2005, terá o seu primeiro ciclo encerrado e sem perspectiva de prorrogação.

Como rendimento base e referência para milhões de categorias profissionais e aposentados(as) e pensionistas, a interrupção de sua política de valorização a partir de 2020 pode gerar o retorno da situação onde a garantia era apenas do reajuste nominal. Mesmo este dispositivo está em risco, em face das tentativas de excluí-lo de alguma forma da constituição assim como a busca de brechas políticas para a retirada de sua referência para os benefícios previdenciários.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574