É possível gerar estimativas conjunturais a partir de dados longitudinais extraídos da Pnad Contínua?

Gustavo Plinio Monteiro

Resumo


o texto apresenta uma metodologia de uso da Pnad Contínua como fonte de informações. São abordados soluções para três problemas que surgem nessa tarefa: (1) como identificar os mesmos indivíduos entre um trimestre e outro; (2) como ajustar os pesos amostrais das pessoas na subamostra de dados longitudinais da Pnad Contínua; (3) como estimar os erros amostrais dessa subamostra. O texto apresenta uma discussão sobre como superar esses três problemas, visando à obtenção de uma subamostra com dados longitudinais que sejam representativos e, ao mesmo tempo, que possam ser facilmente obtidos por pesquisadores das ciências sociais, possibilitando a realização de estudos conjunturais regulares, que acompanhem pari passu as divulgações trimestrais da Pnad Contínua.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574