Violência e indiferença: experiências de assédio moral no trabalho

Victor Vieira Silva, Cintia Rodrigues de Oliveira Medeiros

Resumo


O assédio moral no trabalho é uma conduta intencional e frequente, na qual o agressor tem o intuito de destruir psiquicamente sua vítima. Suas consequências, contudo, não se restringem às vítimas, mas afetam também o ambiente organizacional. Diante disso, propomos compreender o assédio moral ocorrido no ambiente de trabalho, a partir dos relatos de vítimas dessa violência e de seus colegas de trabalho. Realizamos uma pesquisa qualitativa e descritiva, por meio de oito entrevistas analisadas pela análise categorial temática. Os resultados permitem compreender o assédio moral como um processo que se manifesta em diferentes etapas, e de diferentes maneiras, com consequências nas relações de trabalho, nas quais temos, de um lado, a violência experimentada pela vítima, e, de outro, uma indiferença por parte dos seus colegas de trabalho, que entendem o assédio moral como um “problema do outro”, um problema da vítima.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574