Tecnologias 4.0 nos bancos e os impactos no emprego bancário

Vivian Machado Rodrigues

Resumo


A indústria nacional já começa a se preparar para a chegada da Indústria 4.0 ao Brasil. Entretanto, esse processo que, no país, deve se consolidar, apenas, em 10 ou 15 anos, já preocupa, pois, coloca em risco muitas funções hoje existentes, as quais já exigem qualificação dos trabalhadores. Tratam-se de tecnologias “pensantes” (inteligência artificial).

Este artigo traz uma breve abordagem sobre as características desse processo e os riscos advindos dessa transformação na produção de bens e serviços e na vida das pessoas, em especial seus possíveis impactos sobre o mercado de trabalho, especificamente, no setor bancário brasileiro, tendo em vista que este é um setor que sempre sai na frente quando o assunto é inovação tecnológica e racionalização administrativa.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574