A quinta onda tecnológica e os trabalhadores: novas estratégias e desafios do sindicalismo no setor bancário brasileiro

Bárbara Vallejos Vazquez, Gustavo Machado Cavarzan, José Dari Krein

Resumo


O texto discute as transformações ocorridas no trabalho bancário a partir de seguidas ondas de inovações tecnológicas, buscando identificar os impactos no emprego e na ‘externalização’ das atividades, nas formulações e estratégias de ação das entidades sindicais no enfrentamento de uma nova realidade para o setor. A análise das formulações é realizada no âmbito das campanhas salariais, expressas nas minutas apresentadas à FEBRABAN a partir dos anos 2000. Além disso, aponta-se que as mudanças vão alterando as perspectivas de ação coletiva de uma (das poucas) categoria que tem campanha nacional unificada e consegue estabelecer as mesmas regras para o conjunto dos trabalhadores do sistema bancário. Porém, os terceirizados, incluindo especialmente os correspondentes bancários, assim como muitos outros segmentos do sistema financeiro, estão excluídos da representação e dos direitos conquistados pelos bancários.


Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2319-0574